60 views

Chegamos na era da economia criativa!

O momento onde surgem empresas e negócios que visam colaborar cada vez mais, oferecendo serviços de qualidade e acessíveis, utilizando a tecnologia ao seu favor.

O Uber trouxe uma alternativa aos transportes comuns. 

A Netflix mudou toda a forma e consumirmos produtos audiovisuais que antes eram  limitadas.

O Spotify democratizou o acesso a música.

Tudo isso por valores bem abaixo do que normalmente se pagava para adquirir esses serviços. 

Com o coworking não foi diferente: a idéia também nasceu como uma iniciativa de democratizar o ambiente de trabalho, trazendo oportunidades para quem queria empreender, não tinha condições financeiras de abrir um escritório próprio e estava cansado do home office. 

Quem trabalha dentro de casa, muitas vezes, não está amparado por suporte técnico, ambiente planejado, espaço físico suficiente, mobiliários apropriados e, principalmente, vivencia a inexistência de interação social, o que é importante para desenvolvimento de qualquer profissão.

No entanto, não foi só com esse intuito que o coworking surgiu. Em 1999, um design de games americano chamado Brian Dekoven queria criar uma forma de trabalho colaborativa que pudesse integrar empresários de qualquer ramo para trocar experiências. 

Com essa ideia, ele criou um estúdio com mesas flexíveis, onde ele e mais três pessoas trabalhavam e mantinham as portas abertas, alguns dias na semana, à outras pessoas que quisessem um lugar para trabalhar, se relacionar e trocar ideias, ao mesmo tempo.

Assim nasceu o Coworking!


Porém, só lá pra 2005 que esse nome “coworking” começou a se popularizar em diversos países. 

Depois de algum tempo, o coworking ficou tão famoso que  as buscas pelo termo começaram a aumentar e com isso o Google resolveu criar uma página de explicação sobre esse tipo de espaço na Wikipédia, fazendo até o jornal New York Times escrever um artigo sobre o tema.

Assim o coworking se popularizou e chegou ao Brasil em meados de 2010. Hoje existem mais de 6 mil coworkings espalhados pelo mundo e a busca por esse tipo de serviço só cresce a cada dia.

Com a economia mudando e muitas pessoas largando seus empregos para seguirem seus sonhos e empreenderem, o coworking se tornou um local procurado por pequenas e médias empresas que querem não só ter um ambiente para desenvolver o seu trabalho, mas colaborar, adquirir experiências, trocar conhecimentos e mudar o conceito de mercado de trabalho.

E aí, vamos fazer acontecer? Entre em contato com a gente agora mesmo e conheça mais a fundo todas as vantagens que um espaço de coworking pode oferecer.

Ir para o Topo